Na fria noite
Que ontem fazia,
Abortei
Um filho que muito amei.
Veio-me a mente
Impertinente
Assim...
De repente.
Transbordando
Palavra por palavra
Com ponto
Virgula
Interrogação
Exclamação.
Completinho
Finda a gestação.
Mas a preguiça
Enrolada nos cobertores
Permitiu que sem pudores
Não levantasse
E salvasse
No papel
Meu filho ditado
Pela mente
E coração dilacerado.
Meu feto
Perfeito
Obra prima
Talvez fosse.
Deixei morrer
Desaparecer
Na noite fria
Que ontem fazia.