MARILENE MEES PRETTI



Você diz que me ama...
E sempre você me chama...
Por que não quer aceitar...
Que é este meu jeito de amar?

Eu sou assim... Às vezes frio...
Outras inerte... Pareço vazio...
Mas é meu modo... Neste momento...
Demonstro assim... Meu sentimento.

Talvez outro dia... Aja diferente...
Mostre-me mais contente...
Talvez neste dia... Meu coração...
Bata mais forte... E se importe...
Em lhe mostrar... O meu amor.

Mas saiba amada...
Este é meu jeito... De ser e ter...
Quero você... Minha adorada...
Mas do meu modo... Assim é...
Meu jeito de ser.

02/10/2003


 

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que envia rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®