MARILENE MEES PRETTI 

       

Chamam-nos de loucos...

Os que nos vêem escrever.

Dizem que de palavras...

Não se consegue viver.

Não sabem eles...

Que são nossos escritos...

Que nos elevam...

Não nos deixam morrer.

 

De que valeria na vida...

Somente comer...

Juntar patrimônio...

Triplicar dinheiro...

Se é o papel nosso companheiro.

 

É nada o lucro...

Vamos reconhecer.

Mas é doce o fruto...

Que nos faz crescer.

Sem ele podemos...

Até perecer.
 

 

 

22/01/05

 

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que envia rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®

 

Art by Cristal