Marilene Mees Pretti



.


Escravos da sociedade...

Algemados por necessidades...

Vivem os fracos, diante à maldade...

Deste mundo injusto, sem piedade.

 

Brancos e negros escravos do preconceito...

Homens e mulheres em prisão sem grades...

Ignorantes de seu mais primário direito...

Que é viver em completa liberdade.

 

Homens de todas as raças!

Não importa tua praça...

Grite... Lute... Faça arruaça...

E mostre ao mundo tua graça.

 

Tudo é possível a quem crê.

Mesmo que não se possa ver.

Troque o rumo... Mostre o teu ser.

Faça o mundo te reconhecer.
 

 

 

23/01/2005

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que envia rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®