Quando o céu estava assim

Colorido no poente

Na meninice contente

Encantada com as cores

Sentindo até sabores

Perguntava a minha mãe

Por que ficava assim o céu?

Com aquele colorido

Em tons diversos pintado

Ela  respondia

Com a doçura do sonhar

Que estava Nossa Senhora

Docinhos para Jesus a assar.

E hoje sempre que vejo

No céu aquele lampejo

Lembro da minha infância

Da pura inocência

Vendo aquela opulência

No céu a Onipotência

Colorindo abundante

Em cores sobrepujantes

O céu quando o sol se punha.

E lembro Nossa Senhora

Assando e sem demora

Docinhos de todo tipo

Lá no céu para JESUS.

 



29/07/05
 




Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que chega rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®