Marilene Mees Pretti



 


 

Você que vive fazendo piada...

Piada safada da sogra...

Cuidado com a língua afiada...

Um dia para você sobra.

 

Sua sogra é a mãe...

Da pessoa que você ama.

Não abuses das palavras...

De mãe seu amor à chama.

 

A mulher odeia a sogra...

Mas dela tem é inveja.

Por ela um sentimento logra...

Ter só pra si... O filho dela.

 

O homem debocha a sogra...

Por ter que aturar a filha.

Mas se perder a filha, chora!

Um rosário de dor desfia.

 

E a sogra no meio fica...

Às vezes até magoada.

Outras vezes junto brinca...

Da piada dá risada.

 

Sou sogra e não importa...

O que falam sobre mim...

Se a nora não me suporta...

Eu não mudo... Sou assim.

 

04/04/05

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que envia rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®