MARILENE MEES PRETTI

 


Podemos comparar nossa vida na essência...

A um programa de televisão:

O Big Brother… Compare as coincidências:

Somos vigiados a cada minuto em nossas ações.

 

E passam os dias... Os meses... Os anos...

Chega o dia de sermos líder.

A vida levando vamos...

Para decidir nossos atos somos livres.

 

Continuamos... Nossos dias vigiados...

Temos nosso dia de anjo...

Dia em que somos privilegiados...

Com vontade de ouvir o som de um banjo.

 

 E o jogo continua... É praxe... Temos que jogar.

Mas precisamos seguir certas regras...

Não podemos os limites extravasar.

Pois senão... O destino uma peça nos prega.

 

Temos também que vencer provas...

Para nossa subsistência.

E a cada dia surge uma nova...

Precisamos de muita persistência.

 

E finalmente... Chega o dia do paredão!!!

Quando nossos atos serão colocados na balança...

É por eles... Que nos julgarão.

Pesará tudo... O bem... O mal...

 A tempestade... A bonança.

Nossa vida... De forma em geral.

 

Os que tiverem caído nas graças do BEM...

Certamente continuarão no jogo...

Os que tiverem prejudicado alguém...

Cairão fora... E irão cruzar o fogo.

 

Que nossa vida seja vivida por algo de bom.

Que para brilhar...
Não precisemos apagar a luz de outros.

Que cada dia façamos tudo de bom tom...

Para que possamos viver em paz... Libertos... Soltos.

 

E que nossos atos nos levem a merecer...

No dia do juízo final... Do paredão...

O que de melhor tem o mundo a oferecer...

Que é de DEUS a salvação.

 

26/02/04
 


 

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que envia rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®