Brada

Teu grito forte

De independência

Mas sem a morte.

Pois com sorte

Podemos limpar

O país sanar

Sem ninguém tombar.

Que urrem

Grilhões de ferro

Atando as mãos

Dos que nos ferram.

Que soe

Um hino avante

Para todo aquele

Que é do país amante.

Acorda Brasil

Inda és varonil

Cheio de estrelas mil.

Não tema

Que teu povo é bravo

Forte e lutador

Grite teu brado retumbante

Com todo furor no semblante

De teu povo

Sem margens plácidas

De teu povo que ainda espera

E que sabe

Que é essa a hora

De não desistir

Não ir embora.

Grita Brasil

Os teus horrores

Atirando de teus canhões

Somente flores.

 


 

06/09/05

 
 

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que chega rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®