Marilene Mees Pretti


 

Corpo esguio...

Calor ou frio...

Na sua roupa...

Saia rodada...

Na barra bordada.

Ela levita...

Parece voar...

Na ponta dos pés...

Suave rodar...

Gira ao revés.

É admirada!!!

Até invejada...

Pela leveza...

Pela beleza.

Rodar certeiro...

O ar matreiro.

Escreve com o corpo...

Suave e solto...

O clássico verso...

Que está impresso.

Toda faceira...

A bailarina...

É uma herdeira...

Da Columbina.

 

22.04.05
 

Clique na figura
envie sua mensagem


O envio que envia rapidinho !!!
 




Desde 05.02.2005,
a sua é a visita número


Direitos autorais registrados®